quinta-feira, abril 20, 2006

Epílogo

E de repente, vinda do nada, a chuva chegou. Na hora da despedida, também Buenos Aires chora. Apesar do que diz a cançao, fico feliz por o sentimento ser mútuo...

Hasta siempre!

2 Comments:

Blogger Delfim said...

se apanhares chuva quando chegares a Lisboa não estranhes. Não é Lisboa que chora por voltares, é que já estava mesmo previsto chover nestes dias... :) boa viagem de regresso!

7:21 da tarde  
Anonymous Ana Paula said...

E então Lisboa chorava quando chegaste ou era a privisão do tempo que batia certo?
Acredito que tenhas tido uma certa dificuldade em dizer Adeus a Buenos Aires mas as saudades que devias ter da N. deviam ser mais fortes do que tudo.
Certo é que esta viagem foi para não esquecer, assim já tens que contar um dia mais tarde aos teus netos: "As minhas aventuras por terras da América Latina com TFT".
Mas a seguir a esta, outras virão!!
É bonito ver o laco que vos une, já era forte mas com esta experiência ficou ainda mais. Nunca mudem pois adoro ver os meus dois sobrinhos preferidos a darem-se tão bem.
Um grande beijo carregado de saudades.
Tia amiga

2:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home