domingo, julho 02, 2006

Se um dia pudesse, gostava que soubesses que te odeio.

Enquanto via e sofria com os penalties, uma besta quadrada, que mais tarde fiquei a saber ser membro da Juve Leo, maldizia o Ricardo com quantos dentes tinha na boca (que eram mais que aqueles que merecia...)

Não satisfeito com a vitória, ainda lhe deu apetite e vontade de demonstrar toda o seu...como dizer...orgulho luso...aquele que é só seu...e de mais uns quantos cabrões nojentos que não merecem o ar que respiram.

"Estando dois braileiros presentes no sítio, por que não espancá-los? Afinal...não são portugueses!".

E assim foi...ele e mais os filhos da puta dos seus amigos...

Claro que os separámos...sendo que a vontade era outra...menos...enfim...menos solidariamente portuguesa.

Odeio claques. Odeio xenófobos.

Parabéns Portugal. Gritei por ti, por Scolari, por Murtosa, por Simão, Petit ou Ricardo...enfim...por todos aqueles que são parte do País onde vivo...

4 Comments:

Blogger Raitxe said...

Pagenito querido, compreendo a tua ira perante os actos xenófobos e ressabiados deste espécime, que nem um post merecia. Sabes q hooligans há em todo o lado, ñ é só na bifolândia. Agora, "cabrões" e "filhos da puta"... vá lá ver, tento na língua, num habia a nexexidade.
É ROTO MESMO QUE SE DIZ!!!
;0)

beijinhos do sul onde dizem que faz calor

7:32 da tarde  
Anonymous Ana Paula said...

Não sei quem é o/a Raitxe, mas estou plenamente de acordo! Não há necessidade de empregar tal linguagem.
No entanto só queria acrescentar: E VIVA PORTUGAL!!!!!!
Beijinhos
Tia querida

8:21 da manhã  
Blogger JTF said...

Puto: não odeies!

Foi assim que eles começaram!

O desprezo é sempre uma melhor opção e não corrói nem o estômago, nem a alma!

11:44 da manhã  
Anonymous Bomb Jack Guedes said...

É preocupante. Eles andam aí. Com uma força e arrogância que não me recordo de ver...

2:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home