quarta-feira, outubro 11, 2006

Perguntas estúpidas

Eu sou a favor da liberalização do aborto.

Houve uma vez um referendo. O 'Não' ganhou.

Vai haver outro referendo. Se o 'Não' ganhar daqui a quanto tempo é que temos outro referendo sobre o aborto para voltar a confirmar a resposta?

Vai haver outro referendo. Se o 'Sim' ganhar daqui a quanto tempo é que temos outro referendo sobre o aborto para confirmar a resposta? E isso não dá uma má imagem dos portugueses - sempre a mudar de ideias?

Eu sou contra estes referendos, parecem-me uma estúpida maneira de deitar dinheiro fora. Se se quer liberalizar o aborto porque é que não se toma essa decisão política?

É porque houve um PM idiota que apesar de ser do PS andava também metido com os movimentos católicos contra aborto e tal...

6 Comments:

Blogger a. said...

eu sou contra.
tanto para aborto como para o referendo.
mesmo que fosse para liberalizar não devia ser por referendo. mas por outro lado a resposta já foi "não" uma vez (comentário sem qq juizo nem insinuação), era um bocado "má onda" agora esquecer a voz do povo. especialmente um governo socialista... mas parece-me que o referendo ainda é pior!

concordo inteiramente com o PM idiota! quando ele se demitiu saí para festejar e beber uns canecos em honra dele!! :)

2:24 da tarde  
Blogger LN said...

Nunca percebi porque é que pode haver pessoas contra a liberalização do aborto.

Percebo que, como eu, não concordem que se façam abortos, mas daí a pensar que se pode obrigrar todas as pessoas a não fazerem abortos vai uma longa distância. Principlmente quando se pode fazer, de forma legal, atravessando a fronteira (e diga-se em abono da verdade, em todos os países civilizados).

2:59 da tarde  
Blogger mi said...

"...apesar de ser do PS andava também metido com os movimentos católicos..."

ser do PS é imcompatível com ser católico?

3:04 da tarde  
Blogger LN said...

Com ser católico não.

Andar metido com os movimentos católicos já é mais cinzento.

Não te esqueças que o PS é, na sua génese, repúblicano, democrático e laico.

3:48 da tarde  
Blogger tinyGod said...

Independentemente se somos contra ou a favor, fazer um novo referendo é ridículo e ineficiente! O actual PM fez campanha a favor da despenalização...As pessoas escolheram-no! Só falta cumprir com o que disse...Ou será que é mais uma promessa não cumprida?
Com o estado de pobreza em que nos encontramos, andar a brincar aos referendos é esquizofrénico!

10:43 da manhã  
Blogger Delfim said...

cuidado! se abolirmos os abortos este país fica meio despovoado!

12:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home